04 abril 2010

Vácuo

Não pergunto,
calo.

Não explico,
guardo.

E para não me afogar nas palavras
rimo.




*** para ouvir: Cuidar de mim - Seu Jorge ***

2 comentários:

Impulsiva disse...

Ihh tô desse jeito agora, aliás nos últimos dias!!
Pior que quando calamos internalizamos tudo com maior intensidade.

Beijos linda e uma Feliz Páscoa!

Assis Freitas disse...

quem faz versos não morre afogado, diria Quintana. cheiro