10 agosto 2010

Último pedido

Meu anjo
não sou teu amor
nem és o meu primeiro
mas te imploro
pela pouca parte que me cabe
de teu coração
não me deixe à beira do abismo
não me prive de luz
toque minha mão
e faça o tempo parar.
O dia e a noite irão sem fim
todas as estações passarão
mas sua mão na minha
vai ficar.
Meu anjo
não chore agora
vá embora
que a hora de voltar
ainda vem.


*** para ouvir: Me odeie - Reação em cadeia ***

Um comentário:

Assis Freitas disse...

cândido pedido,

beijo