24 setembro 2013

Daltonismo

imagem: Sekendiz

Não tinha motivos para chorar
mas ainda assim
o fez.
Era a tristeza invadindo
um espaço já tão
antigo.
Vermelho, vermelho e vazio...
As nuvens continuam chovendo
os trens continuam passando
e não há razão para chorar.

Mas não acredite em mim,
é tudo culpa do meu jeito de ver as coisas.


*** para ouvir: Slow dancing in a burning room - John Mayer ***

Um comentário:

alineol disse...

Que lindo, somente o poeta entende as lagrimas que escorrem pq eles conseguem ver o que ninguem mais consegue...