01 agosto 2011

Cantiga


Você me tirou para dançar
assim mesmo, sem música alguma
vazia de sons...
e seus olhos acesos no tom
bailaram na noite quente.
Você me abraçou em adeus
assim mesmo, sem ritmo algum
e seus compassos mudos...
Todo o tempo do mundo
em nossos corpos descrentes.


*** para ouvir: Fingi na hora rir - Los Hermanos ***

2 comentários:

Assis Freitas disse...

o tempo do mundo é uma concentração de caos,


beijo

Rodrigo Mota disse...

Gostei bastante de seu texto, e do blog também! :D
Tenho um blog tb, porém comecei a pouco tempo... da uma olhada pra mim?
http://sinestesicamentefalando.blogspot.com/
se quiser/puder, pode até seguir, rs